Lojas apostam em promoções para atrair clientes após queda nas vendas.

Pesquisa mostra queda de 20% comparando o Natal de 2016 com 2015.
Lojistas também aproveitam para queimar estoques com liquidações.


O Natal de 2016 não foi tão feliz para o comércio tocantinense. Uma pesquisa da Federação do Comércio (Fecomércio) apontou que as vendas caíram 20% comparando com o mesmo período do ano de 2015. Com estoque acumulado nas lojas, os comerciantes estão diminuindo os preços para atrair os clientes. 

As vitrines estão atrativas. Anunciam descontos de até 70%. Condições facilitadas para o pagamento e algumas ofertas. Combos em que é possível levar várias peças pelo preço de uma.

A maior parte das lojas está apostando nas promoções para atrair os clientes, já que no Natal as vendas não atingiram as expectativas. Uma pesquisa da Fecomércio apontou que mais de 44% dos lojistas de Palmas disseram que as vendas nesse Natal caíram mais que 20% se comparado ao Natal de 2015.


A contratação de funcionários temporários também foi baixa: 75% dos lojistas ouvidos na pesquisa disseram que não contrataram.
"É uma queda significativa e deixa a gente bastante preocupado. São vários fatores, mas a gente tem que levar em consideração, principalmente, que o consumidor está receoso de gastar o pouco que tem", diz o presidente Fecomércio, Itelvino Pisoni.

Em uma loja de roupas da capital, o Natal não foi bom. As vendas caíram cerca de 10% em relação a 2015. Para girar o estoque, a vendedora explica que separou uma arara inteira com peças por um preço único, R$ 50.

"As promoções realmente são o que atraem os clientes. Ainda mais agora nesse período de janeiro, que os clientes gastaram muito em dezembro", diz a vendedora Maria Carolina Sobrinho.

Se os clientes não aparecerem na loja, porque não levar a loja até os clientes? É o que está fazendo a dona de outro estabelecimento. "A gente separa, liga pedindo autorização da cliente e levamos na casa dela. Depois ela passa na loja só para devolver aquilo que não quis e acertar o que quis", diz a dona de loja, Dóris Milhomem.

Com tantas promoções assim, quem economizou em dezembro agora está aproveitando. "Muitas lojas não venderam o estoque que tinham e agora estão querendo esgotar para fazer outro novo", diz o servidor público, Genivaldo dos Santos.

Lojas apostam em promoções para atrair clientes após queda nas vendas  (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)Lojas apostam em promoções para atrair clientes (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

© 2012. Todos os direitos reservados. Sincomercio Lins