PÁSCOA DE QUEM MORA EM SP VAI SER MAIS SALGADA!

Elevação do dólar e a crise hídrica contribuíram para o aumento nos preços, segundo FecomercioSP

Quem ama ovo de chocolate precisa ficar atento aos preços / Divulgação

Por: Diário SP Online
portalweb@diariosp.com.br

A Páscoa de quem mora em São Paulo vai ser mais "salgada" em 2015, segundo cálculos da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (Fecomércio).

"Os brasileiros como um todo e o paulistano em especial vão ter uma Páscoa mais cara em torno de 15% em relação ao que foi no ano passado", afirmou o economista Vitor França, ao G1.

Nos últimos 12 meses, em São Paulo, peixes e chocolates tiveram aumento de 15,2% e 11,5% , respectivamente, de acordo com pesquisa realizada com base nos dados do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Além disso, o preço da batata-inglesa na cidade subiu 42,2%, o do tomate 16,8% e o da cebola 11,2% - os três alimentos costumam ser consumidos nas refeições da Páscoa.

Confira abaixo os fatores que contribuíram para o aumento nos preços, segundo a FecomercioSP:

Elevação do dólar, a pressão inflacionária sobre os alimentos, a crise hídrica e os aumentos das tarifas dos transportes e da energia elétrica, além dos custos maiores com a gasolina.

A dica é substituir os itens que sofreram com a alta nos preços por produtos mais acessíveis.

© 2012. Todos os direitos reservados. Sincomercio Lins